Noticias   Liga/Liga Europa   Modalidades   Universo Leonino   Temas Reflexão   Participe   Fundação Aragão Pinto
VOLTAR
   
GRANDES ENTREVISTAS UNIVERSO SPORTING - DÍONISIO CASTRO

GRANDES ENTREVISTAS
UNIVERSO SPORTING:

Dionísio Castro

  Dionisio Castro 14


Nome : Dionísio Silva Castro
Naturalidade : Fermentões / Guimarães
Data de Nascimento : 22.11.1963
Clubes Representados : 1984 / 1998 – Sporting Clube de Portugal
Treinador: Prof. Moniz Pereira
Profissão : Atleta (atletismo)
Actualmente : Empresário Futebol

Recordes Pessoais :
 
1500m                       3’39,96 (’91)
3000m                       7’43
5000m                       13’13,59(’90)
10000m                     27’42,34 (’88)
20Km                         57’14 (’91)
Meia-Maratona           60’37
Maratona                   2:11’54 (’92)

Outros Resultados : 
 
Campeão de Portugal em Pista 

5000 mt
          –  1990 
10000 mt
          –  1991 

Campeão de Portugal em Corta - Mato 

1987 , 1991 

Taça dos Campeões Europeus Corta - Mato 

1 vez 

Campeão Europeu Equipas de Corta – Mato 

8 vezes 

Campeão Nacional Individual e Equipas 

7 vezes 

Campeão Nacional Individual e Equipas Estrada 

Campeão Europeu de Estrada Individual 16 Km 

Medalhas Colectivas:
 

Ouro 

Campeonato da Europa de Corta – Mato Alnwik , 1994 

Prata 

Campeonato do Mundo de Estafetas , Funchal , 1992 

Recorde do Mundo : 

Recorde do Mundo dos 20 Km , França , 1991

Dionisio Castro 5 
Dionisio Castro

Quem se não lembra dos Irmãos Castro que de Fermentões (Guimarães) vieram para Lisboa para praticarem atletismo de alta competição. Encontraram o Sporting e o Prof Moniz Pereira que lhes abriram as portas para o sucesso na arte de correr que tanto os seduzia. E quando a matéria é boa, o ambiente propício e o treinador é o mais competente… o sucesso é garantido.

Dionisio Castro 3 
Dionisio Castro 4

O Prof Moniz Pereira tinha, antes, “descoberto” os manos numa competição em Vigo, numa prova em que representava o Lameirinho, depois de terem começado a sua actividade no clube da sua Terra. Nessa prova o Dionísio não foi feliz e o Domingos foi o primeiro a vir para Lisboa. Só mais tarde Dionísio se lhe juntou nos treinos no Sporting, onde, ao fim de algum tempo, o Prof Moniz Pereira lhes augurou um futuro de nível internacional se “continuarem, como eu penso, com o mesmo gosto e não se deslumbrarem com vários factores, como tem infelizmente acontecido com outros…..”.

Dionisio Castro 9 
Dionisio Castro 10

Num espírito de desporto de qualidade e na senda de uma tradição de campeões e de feitos de que poucos clubes no mundo se podem orgulhar, o Sporting acolheu-os e tornou-se na segunda família destes gémeos iguais no aspecto e na vontade de vencer.
 Dionisio Castro 12
E não deslustraram a linhagem Manuel de Oliveira - Manuel Faria - Carlos Lopes - Fernando Mamede, entre outros, que levantaram bem alto o nome do Sporting e de Portugal em todo o Mundo. Foram dignos sucessores e integraram-se nesta linhagem de fundistas de grande nível. 

Falar de um obriga a falar do outro.

Alguém a seu propósito escreveu: “Eles são gémeos em tudo: iguais no aspecto, na personalidade, nos objectivos. Em suma, inseparáveis… (----)”.   

Dionisio Castro 13  Dionisio Castro 2

Mas há que separar as águas e, embora gémeos, não são a mesma pessoa nem a personalidade, por mais parecida que a afirmem, é a mesma. Mas tem ambos “estofo” de campeão!

Depois do Fermentões, do Lameirinho e da Grundig, Dionísio Castro apenas representou o Sporting entre os anos 1984 e 1998, tendo como treinador o Prof Moniz Pereira.

A sua qualidade como atleta granjeou-lhe um currículo desportivo, nacional e internacional, invejável:

Dionisio Castro 7   Dionisio Castro 8 

 Campeão nacional em pista nas provas de 5.000m (1990) e 10.000m (1991) 
Campeão de Portugal em corta-mato (1987, 1991) 
Taça dos Campeões europeus
Campeão europeu Equipas de corta –mato (8 vezes) 

Dionisio Castro 15 - Moscovo   Dionisio Castro 16 - Moscovo

  • Campeão Nacional Individual e Equipas (7 vezes) 
  • Campeão Nacional individual e por equipas em estrada  
  • Campeão europeu individual em estrada (16 km)  
  • Medalha de ouro colectiva no campeonato da Europa de corta-mato (Alnwik – 1994)
  • Medalha de prata no campeonato do Mundo de estafetas (Funchal, 1992)

Dionisio Castro 11

  • Recorde do Mundo dos 20 km (França 1991)

    Participou em numerosos eventos desportivos onde apenas os melhores tem lugar:  

Dionisio Castro 17 - Seul
Domingos Castro 17 - Seul

  • Jogos Olímpicos (2)
  • Campeonatos do Mundo de pista (3)  
  • Campeonatos da Europa de pista (2)  
  • Campeonatos do Mundo de Corta-Mato (8)  
  • Campeonatos da Europa de Corta-Mato (1)

    Foi agraciado com importantes condecorações e homenagens:   

    Mérito Desportivo (Governo Português)
    Mérito Desportivo (Federação Portuguesa de Atletismo)
    Medalha de Ouro da Cidade de Guimarães  
    Avenida dos Desportos Irmãos Castro (Fuensalida, Toledo, Espanha)  
    Pista de Atletismo Irmãos Castro (Guimarães)

    Uma história verdadeira: 

Quando se apresentaram no serviço militar, onde era regra quando havia irmãos gémeos apenas incorporar o mais velho, Dionísio, sendo embora o mais novo, apresentou-se como o que nascera primeiro. Assim “safou” o seu irmão, já em pleno desenvolvimento da sua carreira desportiva, de uma situação que lhe causaria alguns problemas. Mas também ele não saiu muito prejudicado por lhe terem sido proporcionadas condições favoráveis num lugar de escritório onde não havia muito para fazer, era constantemente dispensado para poder treinar e tinha rancho melhorado! Levou uma tropa regalada como o próprio Dionísio reconhece. 

 
centenáriosporting, copyright @2007.Todos os direitos reservados|webdesign by deepdesign